quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Concursados vão à Câmara de Vereadores contra extinção de cargos na Prefeitura de Belém

Na próxima terça-feira, dia 17 de novembro, às 11 horas da manhã, será realizada, na Câmara de Vereadores, uma sessão especial, com o objetivo de debater e organizar um movimento de enfrentamento à perversa intenção do prefeito Zenaldo Coutinho de extinguir 49 cargos, prejudicando milhares de concursados da Prefeitura Municipal de Belém.
A Sessão foi pedida pela vereadora Marinor Brito (PSOL) e tem o apoio da recém criada Frente Parlamentar em Defesa dos Servidores e do Serviço Público Municipal, formada pelos vereadores da oposição à Zenaldo na Câmara, entre os quais Fernando Carneiro (PSOL, Cléber Rabelo (PSTU), Sandra Batista (PCdoB) e Ivanise Gasparim (PT).
Ao todo, a Prefeitura de Belém têm 46 órgãos da Administração Direta, Indireta, coordenadorias, fundações, autarquias e órgãos autônomos, além de oito programas, museu, bibliotecas e espaços públicos. Em todos eles, existem servidores efetivos, aprovados em concursos públicos promovidos pela Prefeitura, muitos deles, ainda em Estágio Probatório.
Para a Sessão, a Asconpa convoca todos os concursados da SEMAD, SEFIN, SEMAJ, SEMEC, SEURB, SESMA, SESAN, SECON, SEGEP, SEHAB, SEMMA, COMUS, SEJEL, BELEMTUR, Guarda Municipal, Auditoria Geral do Município, Ouvidora Geral do Município, Agência Distrital de Icoaraci, Agência Distrital de Mosqueiro e Administração Regional do Outeiro, IPAMB, SEMOB, FUNPAPA, FMAE, FUMBEL, FUNBOSQUE, CINBESA, CODEM, SAAEB e AMAE.
Além da Asconpa, diversas entidades estarão presentes, entre elas os garis da SESAN, ASFUNPAPA, AGEMBE, SINDSAÚDE, SINTEPP, SINDPD, SINTBEL, SINTESP e ASSIPREB.
Os cortes de direitos dos trabalhadores proposto por Zenaldo Coutinho, segue a mesma política de precarização do serviço público arquitetada por Dilma (PT) e visa entregar a empresas privadas o gerenciamento da administração pública, sem a presença de servidores efetivos. Por isso, é imprescindível que todos os servidores públicos concursados participem desta luta em defesa dos nossos direitos.

4 comentários:

Sandra Martins disse...

Todos os servidores deverão estar nesta sessão especial! Todos à luta, servidores!

BRUNO disse...

FUI APROVADO E CLASSIFICADO NO CONCURSO DA SECON. OBSERVEI NO DIÁRIO QUE ALGUNS CANDIDATOS JÁ FORAM NOMEADOS VIA JUSTIÇA. ALGUÉM PODE ME AJUDAR DE COMO PROCEDER NESTE CASO? A ASSOCIAÇÃO PODE ME AJUDAR?

Anônimo disse...

No entanto eles continuam com cabides de emprego. Pois tem uma servidora cujo nome Lilian de Souza Reis atrelada ao vereador e presidente da câmara de vereadores que já esta há 10 anos no cargo. Tranferida da UMS CURIÓ PARA UMS PRATINHA. Por isso a lentidão e o desinteresse em chamar os concursados. Falta de respeito.

Graciete Sanches disse...

Fiz o concurso da FUNBOSQUE/2012 e fiquei no cadastro de reserva nº137 (em uma lista de espera de 1000 candidatos). Entretanto o órgão possui inúmeros servidores contratados temporários que nem ao menos se deram o trabalho de fazer a prova para merecer estar ocupando as vagas dos 1000 candidatos que estão nesse infinito cadastro de reserva. O órgão certamente possui sua lista extraoficial de espera (cabide eleitoral)Fato triste!!