segunda-feira, 3 de junho de 2013

Funpapa: Vereadores rejeitam proposta da Asconpa e aprovam Projeto de Lei que cria apenas 72 cargos

Vereador Cléber Rabelo

Vereador Fernando Carneiro

Vereadora Marinor Brito conversa com os concursados

Grupo de concursados presentes à sessão da Câmara de vereadores

Vereador Vandick Lima votou a favor dos concursados
Os aprovados no Concurso Público 001/2012, realizado pela Fundação Papa João XXIII, a Funpapa, que compareceram na manhã desta segunda-feira, à sessão da Câmara Municipal de Belém nada puderam fazer para reverter o resultado da votação do Projeto de Lei de autoria do ex-prefeito Duciomar Costa, que cria apenas 72 cargos na fundação.
Destes, 51 são de nível superior e 21 de nível médio, sendo: 1 bacharel em Direito, 24 assistentes sociais, 7 pedagogos, 12 psicólogos, 5 técnicos em Desporto e Lazer, 2 terapeutas ocupacionais, 8 arte educadores, 5 assistentes de Administração, 3 educadores sociais e 5 educadores sociais de Rua.
Os concursados tiveram apoio dos vereadores Cléber Rabelo (PSTU), e Marinor Brito e Fernando Carneiro (PSOL), que não mediram esforços para tentar convencer os demais vereadores da importância de se ampliar o projeto que agora foi assumido pelo prefeito Zenaldo Coutinho.
Com a aprovação, Zenaldo poderá, após nomear os 72 aprovados no concurso público, contratar servidores temporários para atuarem na Funpapa, sem a obrigação de nomear os concursados.
A votação foi secreta, uma vez que os vereadores, que votaram a favor do projeto do prefeito, não queriam ser identificados pelos concursados presentes na galeria.
Na próxima quarta-feira, dia 5 de junho, às 15 horas, no auditório do Sintsep-Pa, os concursados se reúnem para avaliar o movimento e iniciar uma série de ações para que o prefeito de Belém reconsidere e proponha projeto que beneficie a todos os aprovados no concurso público da Funpapa.
Lista dos vereadores que votaram na sessão

2 comentários:

Anônimo disse...

E o cargo de telefonista ? a FUNPAPA vai estar implantando, fiz o concurso e estou dentro do nº de vagas ofertada 10 vagas.

Obrigada a ASCONPA pela luta e determinação.

Camila Lobo disse...

E cargo de telefonista vao nomear? estou entre os dez tbm!