sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

A foto fala mais do que podemos ver

Nela, está o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, desembargador Constantino Guerreiro, abraçando, feliz, o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho (PSDB), em evento promovido hoje pelo TJE, no qual houve entrega de medalhas comemorativas aos 400 anos de Belém.
Guerreiro é aquele juiz que concedeu liminares para que servidores contratados sem terem feito concurso público não fossem dispensados do Tribunal, como havia determinado o Conselho Nacional de Justiça (CNJ).
Há duas semanas, Constantino voltou a agir contra servidores concursados, ao conceder ao amigo Zenaldo, liminar autorizando a demissão de centenas de servidores públicos efetivos na SEMEC, SEMMA, SESAN e SECON.
Em 2011, a Revista Istoé publicou matéria denunciando Guerreiro pela pratica de nepotismo cruzado com o governo do Estado, onde mantinha (ou ainda mantém) empregadas, as filhas, Karla Karime e Kamille Kelly Vasconcelos Guerreiro. Segundo a revista, Constantino havia entregue a Jatene uma lista com a indicação de parentes de 12 desembargadores do TJ. Na época, o desembargador disse que não via nenhuma irregularidade no pedido, porque suas filhas tinham recebido convite para trabalhar no governo do Estado e não no TJ, que são poderes distintos.
A relação de Zenaldo, Jatene e juízes o TJE, é, sem dúvida, a causa de tantas injustiças contra servidores públicos, especialmente os concursados.
A Associação dos Concursados do Pará fará denúncia ao CNJ contra a determinação de Constantino Guerreiro em favor de Zenaldo Coutinho e sua administração corrupta.

4 comentários:

Anônimo disse...

So curruptos

Ane Barreto disse...

E como fica a situação do concurso c 167?

Elvis Sa disse...

nas eleicoes estaduais vamos nos unir convocar nossos familiares.nos somos mais fortes vamos nos unir.

Anônimo disse...

Não foi só esta foto em que ambos se abraçam e congratulam. Ao término da apuração das eleições para prefeito de Belém, este mesmo chefe do TJE, comemorou ao vivo junto do Zenaldo a reeleição deste último para prefeito de Belém. A Justiça paraense é branda e parcial para o PSDB. Haja almoço entre tucanos e a alta cúpula da justiça estadual.